segunda-feira, 6 de abril de 2015

BBRA: 1x51 - Big Brother Realidade Alternativa - It's Not Right But It's Okay


Então, isso é o que você perdeu em "Big Brother Realidade Alternativa": Um novo paredão foi formado. Juliana acabou sendo indicada para o seu segundo paredão pela líder da semana, Jéssica. Já o seu companheiro de votação, João, é a terceira vez que vai disputar o voto do público, mas os participantes acreditam que é a quarta, já que ele disputou um falso paredão que acabou "eliminando" David da competição. Essa é a segunda semana seguida em que dois participantes do quarto tropical tiveram que se enfrentar no paredão. E isso foi o que você perdeu até agora.

AO VIVO: Bial diz que hoje é dia dos participantes responderem algumas perguntas feitas pelo público e ele começa chamando a Isabella ao confessionário. Lá ele faz a pergunta do Chrístofer Ian: "Você acha que você e Giovana estão sendo bem vistas pelo público após trocarem de lado na casa?" "Oi Chrístofer, tudo bom? Então... Não sei se estamos sendo bem vistas ou não, só sei que eu fiz essa mudança por querer uma "qualidade" de vida, digamos assim, melhor aqui na casa. E isso eu consegui obter. Então de qualquer forma, sendo odiada ou amanda, eu sairei daqui feliz."


Depois da votação, Jéssica vai conversar com Juliana e diz que não tinha muito o que fazer já que ela imunizou a Natasha, que a vontade dela era de indicar a moça. Juliana diz que entende e que já sabia que estava se colocando no paredão ao imunizar Natasha. João diz que na próxima semana se eles não pegarem a liderança, os dois restantes serão indicados para o paredão e então, alguém ficará sozinho no programa, já que não possuem um relacionamento bacana com os demais participantes. Natasha diz que é verdade e se isso acontecer e for ela a pessoa solitária, não faz ideia de como ficará na casa.

Enquanto fazem comida, Samuel diz que o grupo do quarto tropical queriam tanto ir longe no programa e acabaram sendo eliminados no próprio jogo, Luiza concorda e diz que se sente aliviada por eles não estarem mais correndo perigo de manipulações e esquemas de votações, que se sente triste por eles não terem percebido isso desde o inicio, que poderiam ter poupado a eliminação de Adam.


Quando a comida fica pronta, os onze participantes se reúnem na cozinha e então, decidem lavar a roupa suja de uma vez. Lucas questiona o motivo deles terem começado essa disputa paralela e Natasha responde que o programa é um jogo e que união de vários participantes traz benefícios, de proteção, estrategia, permanência na casa... Que isso foi comprovado por eles, já que estão conseguindo eliminar todos do quarto tropical. Mauricio diz que eles só se juntaram com o mesmo objetivo depois que foram atacados, por perceberem que iram ser alvos toda semana e Natasha diz que não se importa com isso, que querendo ou não, eles também usaram a mesma estratégia que eles.

Isabella questiona se eles estão com raiva dela e Giovana, Juliana diz que sim, que se elas queriam parar de combinar e participar com as estratégias deles, elas tinham total liberdade de dizer que estavam parando e passando a jogar sozinhas na casa, mas a forma que elas escolheram foi de traição e que isso é inaceitável, mas não vão tratar elas mal, apenas não querem mais amizade dentro do programa. Lucas diz que eles deveriam encontrar um meio de conviver bem, já que somente dois deles vão seguir na competição na próxima terça e Natasha diz que eles estão bem, que todos estão convivendo bem, só que cada turma pro seu próprio lado.


João, Juliana e Natasha concordam que não vão mudar seus comportamentos por causa dos demais participantes, que se tiverem que ficar isolados, vão ficar, se se sentirem a vontade de conversar com os demais, eles conversam... Mas que vão respeitar todos na casa, se houver respeito com eles. Que o jogo continua, que a estratégia deles continuará a mesma, mesmo sabendo que eles não tem mais vantagens na competição, a não ser a liderança. Samuel diz que tudo bem, que se é isso o que eles querem... Mas espera que eles colaborem mais com a casa, já que todos devem conviver e dividir o mesmo ambiente.

Depois da conversa, Alice diz que não é possível alguém ser tão fechado e cabeça dura assim, que não acredita que eles estão dispostos a continuar em uma estratégia falida e fazendo a participação deles no programa ficar desagradável para eles mesmos. Jéssica diz que talvez seja melhor assim, que ficar forçando assunto com quem não quer conversar é uma das piores coisas do mundo. Alice diz que fica chateada com a situação, que por ser a primeira edição do programa, eles deveriam ser mais unidos.


No dia seguinte, enquanto Alice e Lucas arrumam a bagunça da noite anterior na cozinha, Jéssica, Luiza e Samuel preparam o café da manhã. Isabella acorda e vai ajudar os demais participantes e diz que foi bom ter a conversa com todos, que agora as coisas estão mais claras entre eles. Samuel concorda e diz que agora basta esperar para ver se vai haver alguma mudança no comportamento deles ou não. Jéssica questiona a moça se ela realmente achava que não estariam bravos com elas e ela diz que já sabia que sim, que era obvio, mas queria ouvir deles, já que não falaram mais com ela desde a mudança. Ela ainda diz que não se arrepende que fez a escolha certa.

Mauricio diz que é estranho a casa estar com onze participantes só, que antes não tinha lugar pra sentar direito e muito barulho e que agora está ficando mais vazio. Lucas diz para ele esperar mais umas quatro semanas para ver como ficará mais vazio ainda. Alice questiona quantos participantes vão estar na final e Luiza chuta que talvez 3, que pelo menos em outros reality's de confinamento é essa a quantidade. Jéssica diz que esse é o problema de participar de primeiras edições, que eles ficam mais "no escuro" que os participantes que vem nas edições seguintes. Alice diz que se houver uma segunda edição, ela assistirá e terá ciúmes dos novos participantes.


AO VIVO: Bial diz que agora chamará Juliana ao confessionário para responder uma pergunta feita pela Eliza, do Rio de Janeiro. Ele então pergunta se Juliana não conversará mais com Giovana, se a amizade das duas realmente chegou ao fim. A moça responde: "Olá... Então... A nossa amizade certamente não será mais a mesma coisa aqui na casa, já que eu não confio mais nela em questões de jogo, agora, quando a gente deixar o programa vai ser outra história, acredito eu. Giovana é uma garota muito bacana, mas as vezes ela é um pouco influenciada pelas situações em sua volta, eu não sei se por exemplo, deixar o grupo foi ideia dela mesmo ou de Isabella, sabe? Mas acho que fora daqui poderemos ser ótimas amigas."

Ps: Oi gente, agora é um recadinho meu (Bruna Jones). Primeiramente quero pedir desculpas pelo atraso por esse episódio, aconteceram diversas coisas que impossibilitou o postamento dele, mas agora está aqui, firme e forte! Também queria dizer que acompanho TODOS os comentários postados aqui, facebook, twitter, e-mail... Li um em que dizia que eu tenho preferencias nessa história, pois bem... Queria deixar claro que eu não possuo preferencia ALGUMA na história. E que se eu tivesse, metade dos atuais personagens já teriam sido eliminados e metade dos eliminados ainda estariam na trama. Espero que entendam e continuem opinando, a participação de vocês é fundamental para a continuidade dessa história. Obrigada a todos!


Amanhã é dia de eliminação e você não vai deixar de votar, não é mesmo? Decida os rumos do jogo, vote, participe e se divirta.

LEMBRANDO QUE: Esta coluna é uma obra de ficção, qualquer semelhança com nomes, pessoas, factos ou situações da vida real terá sido mera coincidência. 

Qualquer novidade eu volto, lembrando que quem quiser entrar em contato comigo, pode add no facebook, procurando por "Bruna Jones" e que agora na página oficial do blog, vocês encontram conteúdo exclusivo: clique aqui! Podem também procurar e seguir no twitter no @odiariodebrunaj certo?

(Música do titulo: It's Not Right But It's Okay, faz referência a música da cantora Whitney Houston).

Nenhum comentário:

Postar um comentário